“O amor trouxe-nos até aos dias de hoje”

Imagem da notícia: “O amor trouxe-nos até aos dias de hoje”

Fundada em 1926 por Adriano Ferreira Marques, bisavô do atual proprietário, a Joalharia Ferreira Marques marca 96 anos de existência na glamorosa Praça do Rossio, coração da cidade lisboeta. Apaixonada pelas joias, esta família está ligada ao fabrico detalhado de joalharia e ourivesaria, desde finais do século XIX. A JoiaPro foi até à capital conversar com José Filipe Maio, atual proprietário, e Paula Gião, consultora de desenvolvimento de negócio.

Contem-nos a história da Joalharia Ferreira Marques.

A joalharia Ferreira Marques nasce de uma família tradicional do Porto que, em 1874 fundou a Topázio, reconhecida principalmente pelas peças “Art de la Table”. No início dos anos 20, um dos membros da família, Adriano Ferreira Marques, apaixonadíssimo por gemas, pela joalharia no seu sentido profundo, decide vir para Lisboa e fundar uma nova era da então tradicional família: a joalharia Ferreira Marques nasce a 22 de julho de 1926. Passaram quatro gerações e o glamour prevalece. José Filipe Ferreira Marques Guerra Maio é o “bien veillant” deste legado que gere com a certeza do percurso, por vezes menos bom, devido a todas as desventuras económicas que se viveram ao longo dos anos. A joalharia era e é alvo de interesse arquitetónico e beleza das joias que, na época, eram totalmente desenhadas à mão em livros e depois manualmente fabricadas com amor e dedicação. Com muito orgulho podemos afirmar que o amor nos trouxe até aos dias de hoje, pois a dedicação, a manufatura e a perfeição continuam a ser o nosso mais profundo objetivo.

Olhando para o mercado de há um século e para o mercado atual, que diferenças encontram?

Provavelmente nenhumas. O cliente continua a desejar obter joias de eleição, busca a arte e a beleza que os seus olhos detetam no glamour de cada peça. “O sonho comanda a vida” e, nesta vertente do luxo, sempre assim será.

Entrevista completa na JoiaPro 89.

18 de Outubro, 2022
EntrevistasOurivesaria

Notícias relacionadas

Castrus na Portojóia 2022

A participação da Castrus em mais uma edição da Portojóia conferiu à marca da cidade da filigrana uma montra para expor as suas mais recentes novidades. As quatro grandes “janelas” do seu stand abriram o espaço da Castrus para os mais curiosos pelas peças da marca.

Ler mais 27 de Dezembro, 2022
EventosMarcasOurivesaria

Vaz Joalheiros completa 104 anos

No passado dia 1 de dezembro, a Vaz Joalheiros assinalou 104 anos de história. Os fundadores, Manuel Vaz e Cecília Caeiro, deixaram o gosto pela ourivesaria e arte de bem servir”. Ana e Augusto Carvalhinho são os atuais sócios-gerentes e revelaram à JoiaPro que um dos aspetos mais importantes deste marco é que “o saber e a dedicação passados pelos fundadores continuam inalterados”.

Ler mais 26 de Dezembro, 2022
AtualidadeOurivesaria

Adelino Teixeira da Rocha na Portojóia 2022

A Adelino Teixeira da Rocha, Lda. destacou três marcas nesta Portojóia, uma delas a Celsus, uma private label que apresenta “um relógio mais global”, num portefólio que se estende à Tissot, marca para um segmento médio/alto e um smartwatch.

Ler mais 16 de Dezembro, 2022
Entrevistas