“Portugal deu-nos sinais muito positivos”

Imagem da notícia: “Portugal deu-nos sinais muito positivos”

“A Zoppini representa a criatividade e o investimento do nosso grupo numa ideologia de joias bonitas, de ‘glamour’, esteticamente apelativas”, explicou-nos Lorenzo Rossi, ‘export manager’ desta empresa detentora da marca, o MPF Group.

Assim que o Mpf Group chegou a Portugal, constatou meses depois que o público nacional tem em consideração as joias da empresa italiana.

O norte de Portugal está intimamente ligado à ourivesaria e joalharia, por isso a escolha de organizar este evento no Porto é lógica.

“No ano passado, Portugal deu-nos sinais muito positivos. Foi especialmente um impulso generoso para investirmos neste país histórico. Para nós é um prazer apostar em Portugal. Dedicamos uma boa parte do investimento em eventos especiais, em países igualmente especiais, para clientes também eles especiais que, por sua vez, investem a sua confiança na marca”, disse Lorenzo Rossi.

Uma outra razão que justificou a aposta por terras lusas foi a estreita ligação que Portugal e Angola mantêm, além da partilha pela língua de Camões: o negócio dos diamantes e de outras pedras preciosas, vertente “importante para a joalharia e para as marcas fabricantes”.

Leia o artigo na íntegra na JoiaPro 61, aqui.

30 Janeiro 2015
Atualidade

Notícias relacionadas

Como será a indústria do luxo após a Covid-19?

Dez das principais mentes da área do comércio de bens de luxo - incluindo relojoeiros e joalheiros - falam sobre as consequências duradouras da crise relacionada com a pandemia de Covid-19.

Ler mais 8 Setembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesariaRelojoaria

STAYAWAY COVID, a app de rastreio automático

A STAYAWAY COVID é uma aplicação móvel de rastreio automático de contactos de utentes com Covid-19. Foi apresentada a 1 de setembro como um meio complementar aos sistemas tradicionais de resposta à pandemia.

Ler mais 7 Setembro 2020
Atualidade