“Um local ideal dedicado à fileira da Ourivesaria”

Imagem da notícia: “Um local ideal dedicado à fileira da Ourivesaria”

Estivemos à conversa com Carlos Brás, Vereador do Desenvolvimento Económico e Empreendedorismo da Câmara Municipal de Gondomar, que nos falou em pormenor o que consiste o Parque Tecnológico de Negócios de Ourivesaria de Gondomar (PTNOG).

JoiaPro: O que é o PTNOG?

Carlos Brás: É um projeto que tem como objetivo dar visibilidade à indústria de Ourivesaria do concelho, isto é, pretende-se que nesta primeira fase o projeto consiga alojar ourives e filigraneiros com projeção para a venda/mostra. Pretende, igualmente, dar visibilidade ao setor, com a promoção, e capacitar os mestres artistas do ouro, de forma a terem a oportunidade de realizarem atividades, desde ‘workshops’ a exposições, reuniões e formação. Um local ideal, dedicado à fileira da Ourivesaria, que corresponde inteiramente às necessidades dos profissionais, com as melhores condições de trabalho, ambientais e de ordenamento de solo industrial. O PTNOG tem igualmente a ambição de fazer a ligação entre os ourives, pela partilha de serviços, e, ainda, ligar a Ourivesaria à ciência e à investigação, através de protocolos a realizar com instituições de ensino superior. Estamos em fase de consultas para decidirmos qual a universidade ou instituto superior que irá colaborar connosco.

Leia toda a entrevista na JoiaPro 59, aqui.

5 Setembro 2014
Entrevistas

Notícias relacionadas

“A joalharia só pode ser feita com amor”

Quem o diz é José João Vilares, um eterno apaixonado pela ourivesaria e fundador da escola de joalharia contemporânea Engenho & Arte, sediada no Porto. Numa conversa intimista, o responsável revelou-nos que este projeto nasceu do sonho de impulsionar a joalharia contemporânea, preservando sempre as técnicas mais ancestrais desta arte.

Ler mais 7 Outubro 2020
EntrevistasJoalharia e ourivesaria