“A principal característica da marca é criar joias afetivas“

Imagem da notícia: “A principal característica da marca é criar joias afetivas“

A Strong Spirit Jewelery, marca de joias artesanais e personalizadas, de Sonia Álvarez Rodríguez, caracteriza-se por criar joias “únicas e afetivas”. A mentora da marca rervela que as suas joias são de qualidade, todas elas finalizadas em prata 925 e prata com banho de ouro e permitem criar uma relação de proximidade com os clientes e parceiros.

O que caracteriza a marca? 

A marca caracteriza-se por criar joias únicas e personalizadas para cada cliente, joias de qualidade, todas elas finalizadas em prata 925 e prata com banho de ouro e criar uma relação de proximidade com os clientes e parceiros. A principal característica é criar joias afetivas, que se convertem num amuleto para quem o recebe, isto porque as nossas joias são criadas com a crina dos cavalos dos clientes, pelo que cada peça tem um forte significado afetivo para quem as recebe. Muitas vezes as joias são feitas com crinas de cavalos que já faleceram há vários anos, mas que os seus proprietários guardaram para recordação. Isso traz a cada peça muitas lembranças e emoções, dada a forte ligação que há entre o cavaleiro e o seu cavalo. A confeção de cada peça tem várias etapas: primeiro o cliente escolhe a peça que quer que confecionemos; o cliente envia a crina do seu cavalo; depois a crina é tratada com os diversos processos para aportar uma maior durabilidade à peça; é elaborada a joia pretendida, realiza-se o envio ao cliente e, por fim, pedimos o feedback da peça. 

Revela-nos que confeciona joias com crina de cavalo e finalizadas com prata ou pedras preciosas. De onde surgiu essa ideia? 

Como já referi, fiquei sempre com a mágoa de não ter nenhuma lembrança do meu cavalo e, num estudo de mercado, percebi que no estrangeiro há algumas empresas a realizar este tipo de joias, mas em Portugal ainda é um nicho por explorar. Juntei as duas coisas e avancei para o projeto. 

Afirma que as suas joias são afetivas. Em que sentido?  

Porque cada joia é realizada com a crina de cavalo do cliente, permitindo ter um pouco do ser equino querido de cada uma dessas pessoas, que naturalmente tem uma forte ligação emocional com esse animal, tão nobre e inteligente. 

24 de Maio, 2023
Entrevistas

Notícias relacionadas

“Deixo o convite para que se juntem a nós”

João Faria, presidente da Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal (AORP), faz o convite às pessoas que trabalham no retalho para se juntarem à AORP: "Precisamos de ter mais gente do retalho, que nos dê feedback sobre essa secção e nos possa ajudar a analisar e a compreender melhor as necessidades dessa área", refere.

Ler mais 3 de Maio, 2024
Entrevistas