Ouro e prata nos esgotos de Bruxelas?

Imagem da notícia: Ouro e prata nos esgotos de Bruxelas?

Um grupo de cientistas belgas lançou um projeto cujo objetivo é recuperar metais preciosos, como ouro e prata, dos esgotos. “Todos os esgotos da cidade de Bruxelas chegam aqui para tratamento. A água é limpa e devolvida ao rio. Todos os materiais sólidos que contêm os metais estão concentrados nas lamas”, afirma Natacha Brion, cientista da Universidade VUB na Bélgica. 

Segundo a Euronews, o trabalho foi iniciado há mais de seis meses num projeto com duração prevista de três anos. O objetivo é recolher as nanopartículas de ouro e prata, invisíveis à vista desarmada, em cada etapa do processo de tratamento das águas. Descobertas preliminares sugerem que os resíduos mais escuros são também os mais ricos.

Um total de três universidades colaboram neste projeto, o desafio é encontrar formas de extrair estes metais preciosos. “Queremos utilizar nanomateriais e nanopartículas de óxido de ferro, que são magnéticas, e assim recolher separadamente as diferentes soluções”, acrescenta Gilles Bruylants, cientista da Universidade ULB.

Os testes iniciais sugerem que é possível recolher cerca de um grama de ouro e cinco gramas de prata por cada tonelada de lama.

Saiba mais aqui.

30 Janeiro 2020
Atualidade

Notícias relacionadas

Nova LOPJ – Esclarecimento ao setor da ourivesaria

Com a entrada em vigor na nova Lei Orgânica da Polícia Judiciária (LOPJ) ainda em 2019, aprovada pelo Decreto-Lei n.º 137/2019, foram levantadas questões de interpretação por parte dos operadores económicos do setor da ourivesaria. A APIO solicitou então em outubro do ano passado esclarecimentos à Direção Nacional da Polícia Judiciária que tiveram agora resposta.

Ler mais 30 Setembro 2020
Atualidade