Portojoia: “queremos que esta edição se diferencie de todas as outras”

Imagem da notícia: Portojoia: “queremos que esta edição se diferencie de todas as outras”

A celebrar 30 anos, a Portojoia regressa à Exponor com uma edição dedicada ao passado e ao futuro da joalharia portuguesa. A decorrer de 26 a 29 de setembro, esta que é a principal montra ibérica de joalharia, ourivesaria e relojoaria, homenageia as raízes do setor e faz a ponte entre a tradição da arte e a visão global do design. Entre os cerca de 150 expositores presentes, serão destacadas algumas das técnicas tradicionais da joalharia portuguesa e outras inspirações interculturais que se projetam globalmente.

A tradição constrói a cultura de valor associada à joalharia portuguesa e o mundo é a sua nova morada. “Roots and Wings” é o mote desta 30ª edição que marca um olhar mais atento para as técnicas tradicionais que diferenciam o setor e as novas tendências que dão aso a uma visão mais global e inovadora. É nesta dicotomia equilibrada que, em simultâneo, se valorizam as técnicas mais ancestrais e se destacam peças versáteis marcadas pela globalização e interculturalidade. A herança de uma tradição que se vai adaptando aos novos conceitos de consumo, sem nunca perder a sua essência.

Segundo Carla Maia, diretora de marketing da Exponor Exhibitions, “queremos que esta edição se diferencie de todas as outras. Não só porque comemoramos 30 anos, mas porque sentimos que o setor da joalharia portuguesa se encontra numa dinâmica de constante evolução e adaptação que merece e deve ser divulgada. Com o mote escolhido, pretendemos valorizar as marcas tradicionais ao mesmo tempo que damos visibilidade às gerações de designers mais recentes”.

A JoiaPro, como sempre, marcará também presença nesta edição emblemática. Encontramo-nos por lá?

24 Julho 2019
Eventos e formação

Notícias relacionadas