É melhor investir em Lego ou em ouro?

Imagem da notícia: É melhor investir em Lego ou em ouro?

Segundo a revista Visão, há construções extravagantes feitas a partir das famosas peças da Lego a valerem bem mais do que o metal amarelo-brilhante. A tese é de uma professora de economia russa, que afirma que “estas peças hoje valem quantias enormes, mais do que quaisquer ações, títulos de investimento ou mesmo ouro. Sobretudo os legos mais antigos que estão a ser revendidos online por preços várias vezes superiores ao original”.

No artigo “Lego – O Brinquedo dos Investidores Inteligentes”, a especialista russa conta então que analisou mais de dois mil conjuntos daquele brinquedo vendidos entre 1987 e 2015, para medir o seu retorno ao longo do tempo. Foi quando tomou consciência de que coleções como o castelo de Hogwarts, do universo Harry Potter, e de figuras como os Jedi, de Star Wars, batiam as ações e títulos de investimento nos EUA, rendendo qualquer coisa como 11% ao ano. O melhor? “Os conjuntos de Lego não mostram uma correlação significativa com as crises financeiras”, assegura ainda Dobrynskaya, “daí poderem ser vistos como um investimento atraente com um potencial de diversificação”.

Saiba mais aqui.

23 Julho 2019
Joalharia e ourivesaria

Notícias relacionadas

Candidaturas abertas para o Programa Apoiar.pt

Já pode registar a sua empresa ou organização no Balcão Portugal 2020, caso pretenda requerer o novo apoio dirigido aos negócios mais afetados pela pandemia Covid-19, nomeadamente na área do comércio.

Ler mais 27 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria

Yvel desenvolve máscara de proteção mais cara do mundo

A máscara de proteção mais cara do mundo custa cerca de 1,3 milhões de euros e foi desenvolvida pela Yvel, marca de joalharia israelita. O equipamento de proteção individual deverá incluir mais de 3.600 diamantes brancos e pretos.

Ler mais 26 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria