Certificado de sustentabilidade torna-se prioridade

Imagem da notícia: Certificado de sustentabilidade torna-se prioridade

Um estudo realizado no âmbito da Inhorgenta, feira que decorre entre 22 e 25 de fevereiro em Munique, mostra que os consumidores estão mais preocupados com a sustentabilidade quando se trata de comprar joias e relógios.

A sustentabilidade tem desempenhado, de facto, um papel central na indústria de joias e relógios. Em resposta à pergunta “quais as tendências que terão maior impacto no setor nos próximos anos?”, 45% dos entrevistados responderam “sustentabilidade ecológica” e 43% “comércio livre”.

A pesquisa contou com a participação de 2.074 expositores e visitantes da feira. “As joias e os relógios são itens muito pessoais e os consumidores gostariam de usar estes produtos de forma consciente. Por isso, estão cada vez mais preocupados com a produção sustentável”, afirma a diretora de exposições Stefanie Mändlein.

O comércio responsável será, portanto, um tema central nesta feira. As pequenas e médias empresas podem pedir ajuda para solicitar com sucesso o certificado de sustentabilidade, globalmente reconhecido pelo Conselho de Joalharia Responsável (RJC, na sigla em inglês).

13 Fevereiro 2019
Joalharia e ourivesariaRelojoaria

Notícias relacionadas

Candidaturas abertas para o Programa Apoiar.pt

Já pode registar a sua empresa ou organização no Balcão Portugal 2020, caso pretenda requerer o novo apoio dirigido aos negócios mais afetados pela pandemia Covid-19, nomeadamente na área do comércio.

Ler mais 27 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria

Yvel desenvolve máscara de proteção mais cara do mundo

A máscara de proteção mais cara do mundo custa cerca de 1,3 milhões de euros e foi desenvolvida pela Yvel, marca de joalharia israelita. O equipamento de proteção individual deverá incluir mais de 3.600 diamantes brancos e pretos.

Ler mais 26 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria