Eis as peças vencedoras do 10º Concurso de Ourivesaria

Imagem da notícia: Eis as peças vencedoras do 10º Concurso de Ourivesaria

Subordinado ao tema “Ano Europeu do Património Cultural”, a Associação Portuguesa da Indústria de Ourivesaria, em parceria com a JoiaPro, anunciaram, no dia 1 de dezembro, as peças vencedoras do 10º Concurso de Ourivesaria.

A cerimónia realizou-se no passado sábado, Dia de Santo Elói – Padroeiro dos Ourives, pelas 15h30 na Ourivesaria Sarmento, situada na Rua do Ouro nº 251, em Lisboa.

  • 1.º Prémio                       Homenagem à Língua Portuguesa
  • 2.º Prémio                       Sesimbra
  • 3.º Prémio                       Ribeira do Porto
  • Menção Honrosa            Calçada Portuguesa
  • Menção Honrosa            Candeeiros da Baixa Pombalina
  • Menção Honrosa            Conímbriga

————————————————————————————————————————-

Homenagem à Língua Portuguesa – Raúl Coelho

Esta peça, em homenagem à Língua Portuguesa, representa-a como o principal património nacional. Materializando-a através de uma boca contendo a cidade de Lisboa no seu interior, de onde emerge uma ponte e na qual termina numa vela. Estes elementos representam fatores que caracterizam e evoluíram a Língua Portuguesa.

Sesimbra – Marlene Camarão

Sesimbra, terra de pescadores onde a artista Marlene Camarão passa férias, serviu de mote para desenvolver o colar apresentado, o aspeto patrimonial desta vila que considera representar uma herança cultural fortíssima de Portugal.

Ribeira do Porto – Elvis Lopes

Numa tentativa de homenagear a cidade do Porto, que o premiado tanto admira, de modo singelo, concebeu e executou a peça que representa elementos irónicos da cidade.

Calçada Portuguesa – Sãozinha Costa

Colar baseado no passeio de Calçada Portuguesa existente na Praça do Bocage, em Setúbal. Apreciando a técnica desta temática Sãozinha Costa procurou elementos no local que serviram de base ao seu trabalho.

Candeeiros da Baixa Pombalina – Sara Silva

Tendo por tema o Património Cultural Europeu, Sara Silva resolveu executar um pendente que demonstrasse o encanto que sente pelos candeeiros da baixa pombalina, que considera serem alvo de conservação a longo prazo.

Conímbriga – Gonçalo Ferreira

A artista baseou-se nos Jardins das Ruínas de Conímbriga. Gonçalo Ferreira é natural de Coimbra e a peça em questão representa um pouco as suas origens.

3 Dezembro 2018
Joalharia e ourivesaria

Notícias relacionadas

Tavares organiza Wedding Experiences Showroom

A Ourivesaria Tavares cria eventos memoráveis e, desta vez, não será exceção com a organização do Wedding Experiences Showroom, que decorre durante o mês de outubro no número 54 da Rua da Junqueira, Póvoa de Varzim.

Ler mais 25 Setembro 2020
Eventos e formaçãoJoalharia e ourivesaria

VOICE: repensar, inovar e colaborar

É uma das maiores montras de ourivesaria e relojoaria da Europa e apresentou-se com um novo formato – o VOICE. Entre os dias 12 e 14 de setembro, a VicenzaOro deu a conhecer as novidades deste setor através de uma emissão online para todo o mundo, abrindo também portas a 350 expositores e buyers.

Ler mais 22 Setembro 2020
Eventos e formaçãoJoalharia e ourivesaria