O primeiro espaço museológico dedicado à filigrana

Imagem da notícia: O primeiro espaço museológico dedicado à filigrana

O espaço cultural, dedicado à arte filigraneira e à sua história ancestral, situa-se no Largo de São Carlos, no Chiado, localização impetuosa da capital portuguesa.

Com entrada gratuita, o museu percorre a cronologia da evolução da filigrana em Portugal, recriando o ambiente tradicional das oficinas familiares e apresentando as várias fases do processo de fabrico.

No exterior do edifício, um mural assinado pelo ilustrador Nuno Saraiva, celebra a arte, através da história de três mulheres, cujas saias desenham as colinas de Lisboa.

10 Setembro 2018
Joalharia e ourivesaria

Notícias relacionadas

Joias portuguesas em tournée pelo mundo

A rota mundial das joias portuguesas, que consta da campanha "Portuguese Jewellery à La Carte" arrancou na capital da haute cuisine, Paris, que é também a crème de la crème das exportações portuguesas.

Ler mais 19 Setembro 2018
AtualidadeJoalharia e ourivesaria