Portojóia: o estado da arte da joalharia portuguesa

Imagem da notícia: Portojóia: o estado da arte da joalharia portuguesa

É dos setores com maior tradição em Portugal, mas regista hoje em dia uma evolução e dinâmica sem precedentes. A 29ª edição da Portojóia – Feira Internacional de Joalharia, Ourivesaria e Relojoaria traça o retrato de um setor em renovação e aponta as tendências que irão moldar o mercado nos próximos anos.

Do efervescente surgimento de novos designers e de marcas de autor aos novos comportamentos do consumidor, são muitas as dinâmicas que influenciam o mercado da joalharia.

Atenta a esta mudança de paradigma, a Portojóia criou várias iniciativas e novos espaços que espelham o que está a mudar no setor e traçam diretrizes sobre o que o irá influenciar nos próximos anos.

Segundo Amélia Monteiro, diretora do certame, afirma:

“O mercado da joalharia está a evoluir a um ritmo vertiginoso e é imperativo acompanhar as novas dinâmicas e tendências. Sendo um evento vocacionado para profissionais, queremos que a Portojóia se posicione não apenas como uma montra de tendências, mas também uma plataforma de partilha de informação e de inspiração, que contribua para impulsionar toda esta dinâmica que o setor vive atualmente”.

Saiba tudo sobre a Portojóia aqui.

10 Maio 2018
Eventos e formaçãoJoalharia e ourivesaria

PUBLICIDADE
BaselWorld 2018

Notícias relacionadas

Conhece a técnica do tricot em metal?

Promovido pela CYAN - Joalharia Contemporânea, o workshop Introdução Tricot em Metal na Joalharia apresenta as suas últimas vagas para dia 13 de maio em Lisboa e dia 26 no Porto.

Ler mais 8 Maio 2018
Joalharia e ourivesaria

Diogo Dalloz: joias que se complementam

Diogo Dalloz apresenta a sua marca em nome próprio: “Incomplete” é o seu conceito de assinatura que permite recriar uma joia diferente e única a cada dia.

Ler mais 3 Maio 2018
Joalharia e ourivesaria