Diogo Dalloz: joias que se complementam

Imagem da notícia: Diogo Dalloz: joias que se complementam

Nasceu no Rio de Janeiro, mas foi em Portugal que descobriu a vocação pelo design de joalharia. Diogo Dalloz apresenta a sua marca em nome próprio, aliando a técnica e tradição da joalharia portuguesa ao design carioca e ainda um fascínio pela inovação. “Incomplete” é o seu conceito de assinatura, que permite recriar uma joia diferente e única a cada dia.

É muito o que liga o dia-a-dia acelerado do Rio de Janeiro e o espírito citadino do Porto. Cidades históricas que se unem numa transversalidade de culturas e estilos. Esta proximidade que atravessa um oceano inspirou Diogo Dalloz. Ele dá forma a joias com movimento e estrutura, que oscilam entre a sensualidade da forma e o pragmatismo da função.

A busca incessante pela inovação e diferenciação conduziu a “Incomplete”, um conceito que permite alterar as gemas naturais com um simples gesto, oferecendo múltiplas combinações. Joias que são mais do que um complemento e se completam pela mão de quem as veste.

O designer carioca realça que a ideia é “criar joias mutáveis e que permitam uma constante interação entre a joia e quem a usa, numa relação permanente de criação. Gosto de explorar a versatilidade das peças, que se ajustam ao gosto de cada um, mas também ao look e ao estado de espírito de cada dia.”

Em Portugal, a coleção está acessível através da loja online em www.diogodalloz.pt, no showroom da marca (Avenida Rodrigues de Freitas, 204, Porto) e na loja do Museu de Serralves, também na cidade do Porto.

3 Maio 2018
Joalharia e ourivesaria

PUBLICIDADE
BaselWorld 2019

Notícias relacionadas

Joalharia portuguesa em destaque no MAAT

A AORP e o MAAT unem-se para dar a conhecer sete jovens criadores. Além de apresentarem as suas coleções em nome próprio na loja, os designers irão desenvolver uma edição exclusiva inspirada no museu.

Ler mais 10 Dezembro 2018
Joalharia e ourivesaria