Diogo Dalloz: joias que se complementam

Imagem da notícia: Diogo Dalloz: joias que se complementam

Nasceu no Rio de Janeiro, mas foi em Portugal que descobriu a vocação pelo design de joalharia. Diogo Dalloz apresenta a sua marca em nome próprio, aliando a técnica e tradição da joalharia portuguesa ao design carioca e ainda um fascínio pela inovação. “Incomplete” é o seu conceito de assinatura, que permite recriar uma joia diferente e única a cada dia.

É muito o que liga o dia-a-dia acelerado do Rio de Janeiro e o espírito citadino do Porto. Cidades históricas que se unem numa transversalidade de culturas e estilos. Esta proximidade que atravessa um oceano inspirou Diogo Dalloz. Ele dá forma a joias com movimento e estrutura, que oscilam entre a sensualidade da forma e o pragmatismo da função.

A busca incessante pela inovação e diferenciação conduziu a “Incomplete”, um conceito que permite alterar as gemas naturais com um simples gesto, oferecendo múltiplas combinações. Joias que são mais do que um complemento e se completam pela mão de quem as veste.

O designer carioca realça que a ideia é “criar joias mutáveis e que permitam uma constante interação entre a joia e quem a usa, numa relação permanente de criação. Gosto de explorar a versatilidade das peças, que se ajustam ao gosto de cada um, mas também ao look e ao estado de espírito de cada dia.”

Em Portugal, a coleção está acessível através da loja online em www.diogodalloz.pt, no showroom da marca (Avenida Rodrigues de Freitas, 204, Porto) e na loja do Museu de Serralves, também na cidade do Porto.

3 Maio 2018
Joalharia e ourivesaria

Notícias relacionadas

O que há de novo na Portojóia?

Segundo Amélia Monteiro, diretora da Portojóia, "o mercado da joalharia está a evoluir a um ritmo vertiginoso e é imperativo acompanhar as novas dinâmicas e tendências".

Ler mais 12 Setembro 2018
Joalharia e ourivesaria