O que fazer com os diamantes sintéticos

Imagem da notícia: O que fazer com os diamantes sintéticos

Na JoiaPro 58, o gemólogo Rui Galopim de Carvalho considerou que “já não vale a pena ter o discurso de que os diamantes sintéticos são algo de distante e meros objetos de investigação académica.”

“Os recentes desenvolvimentos na tecnologia CVD (Chemical Vapour Deposition, ou deposição química em fase de vapor) para a síntese do diamante vieram a impulsionar de maneira significativa a sua produção para objetivos tecnológicos diversos e, por arraste, também para a joalharia. Comece por dizer-se que a grande maioria destes diamantes sintéticos não exibem propriedades gemológicas ou características internas passíveis de os identificar como tal, mesmo para um observador experimentado usando, por exemplo, m microscópio gemológico ou os aparelhos da chamada gemologia clássica. Para todos os efeitos, diamantes sintéticos incolores fabricados por CVD são praticamente iguais aos naturais. A maior preocupação com estas pedras não se prenderá com os que já são fabricados em pesos superiores a 1 quilate, pois é tendência crescente nos mercados o acompanhamento de pedras desta dimensão por um certificado emitido por um laboratório internacional onde, por norma, a natureza da pedra é rigorosamente determinada. O problema reside nas dimensões abaixo de 0,30 ct, peso abaixo do qual são raros os certificados, em especial nos lotes de “melée”, isto é, de pedras pequenas (e.g. entre 0,01 e 0,05 cts), que constituem a grande maioria de vendas em joalharia em termos de quantidade. Estas pedras não passam, em regra, no crivo dos laboratórios, circulando sem qualquer escrutínio”.

Saiba mais aqui.

11 de Agosto, 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

JoiaPro 85

Nesta edição, destacamos as histórias dos quase 90 anos da Pereirinha Ourivesarias. O prémio PME líder foi uma das razões para falarmos com Pedro Guimarães que nos revelou o "seu" fator diferenciador.

Ler mais 30 de Julho, 2021
AtualidadeRevista

Palm Beach da Radiant, um smartwatch para o verão

De design minimalista, com o novo Palm Beach toda a informação fica ao alcance da mão: mensagens, notificações do Whatsapp ou do email, conta calorias, medição do ritmo cardíaco e monitorização do sono.

Ler mais 30 de Julho, 2021
AtualidadeRelojoaria