Fim da “guerra dos sete anos”

Imagem da notícia: Fim da “guerra dos sete anos”

A batalha judicial de sete anos entre o Grupo Swatch e a Ice-Watch chegou finalmente ao fim, relativamente à coexistência das marcas.

Embora os problemas tenham surgido em 2006, quando a Swatch se opôs ao registo da Ice-Watch por haver “potencial confusão fonética”.

Só em 2008 é que a proposta de co-existência surgiu, à qual a Ice-Watch recorreu ao Tribunal Comercial de Berna, na Suíça, por haver “interpretações diversas”, dando assim começo à batalha judicial.

No passado dia 21 houve a assinatura do mútuo-acordo entre ambas as partes, cujos detalhes não serão revelados.

Segundo Jean-Pierre Lutgen, chefe executivo da Ice-Watch, o fim desta litigação prova que a marca “é matura e bem-estabelecida” no mercado, que fará com que se concentrem em desenvolver a marca e os projetos agendados, como um relógio inteligente (smart watch).

O Grupo Swatch ainda não se pronunciou sobre o caso.

24 Janeiro 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Ourivesarias fecham, mas (algumas) apenas fisicamente

Perante as novas medidas de confinamento geral, anunciadas na semana passada pelo Governo, as ourivesarias e relojoarias - por serem consideradas comércio não essencial - tiveram que fechar portas, por tempo indeterminado. No entanto, há muitas que continuam a sua atividade através das plataformas digitais.

Ler mais 18 Janeiro 2021
Atualidade

Cor do Ano Pantone: amarelo e cinzento unidos em 2021

A dupla da Cor do Ano Pantone 2021, composta pelo Ultimate Grey e pelo amarelo vibrante Illuminating, representa a força e a positividade, num ano desafiante em que precisamos de uma base sólida e firme, mas calorosa e otimista.

Ler mais 12 Janeiro 2021
Atualidade