Peças raras a leilão

Imagem da notícia: Peças raras a leilão

Uma caneta rara Art Déco com decoração em ‘laccanite’ e acabamento em ouro ‘togidashi’, a “Namiki”, produzida pela Dunhill em 1925, e uma outra de edição limitada a 333 unidades, a “Skeleton”, em resina preciosa azul transparente da Montblanc, são as jóias da coroa do acervo de Canetas & Relógios que vai a leilão no dia 17 de julho.

A segunda edição do leilão temático da Veritas – Art Auctioneers, conta também com uma “Simplo”, um dos primeiros exemplares produzidos pela Montblanc; uma “Duofold Mandarin Yellow” da Parker – das mais procuradas pela cor invulgar, e um conjunto de quatro canetas “Shunga The Erotic Pen”, da Visconti. Todas de edições limitadas, uma das quais com apenas 29 exemplares em todo o mundo.

Nos relógios, destaca-se um Patek Philippe de pulso, anos 60-70, com caixa e bracelete em ouro 19 quilates, 18 rubis e estojo e caixa de origem.

15 Julho 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

Candidaturas abertas para o Programa Apoiar.pt

Já pode registar a sua empresa ou organização no Balcão Portugal 2020, caso pretenda requerer o novo apoio dirigido aos negócios mais afetados pela pandemia Covid-19, nomeadamente na área do comércio.

Ler mais 27 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria

Yvel desenvolve máscara de proteção mais cara do mundo

A máscara de proteção mais cara do mundo custa cerca de 1,3 milhões de euros e foi desenvolvida pela Yvel, marca de joalharia israelita. O equipamento de proteção individual deverá incluir mais de 3.600 diamantes brancos e pretos.

Ler mais 26 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria