Dormir bem reduz deterioração da memória

Imagem da notícia: Dormir bem reduz deterioração da memória

Uma investigação realizada na Universidade de Berkeley, na Califórnia, EUA, revelou que as mudanças que ocorrem no cérebro ao longo dos anos prejudicam a quantidade e qualidade do sono profundo, diminuindo, por sua vez, a capacidade do cérebro de aprender e armazenar memórias.

Dormir bem pode reduzir a deterioração da nossa memória à medida que envelhecemos. A equipa pretende agora testar formas de melhorar o sono para interromper o declínio da memória.

Em declarações à BBC, Matthew Walker, um dos investigadores envolvidos neste trabalho, explicou que “vista em conjunto, a deterioração do cérebro leva à deterioração do sono, que produz a deterioração da memória”.

Segundo o investigador, o sono profundo “é muito importante para solidificar as novas memórias apreendidas recentemente. É como se carregássemos no botão ‘salvar’ no computador”, ilustrou.

9 de Abril, 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

Ourivesaria Tavares marca 100 anos em 2022

As comemorações desta “data redonda” fazem parte de algumas mudanças da casa centenária. Novo website, inovação, mas também muita “herança” são as apostas da ourivesaria poveira.

Ler mais 1 de Dezembro, 2021
AtualidadeEventosOurivesaria