Joias de passageira de Titanic expostas 100 anos depois do naufrágio

Imagem da notícia: Joias de passageira de Titanic expostas 100 anos depois do naufrágio

As 15 peças em exposição foram resgatadas em 1987 durante uma expedição feita ao navio, e são todas provenientes da bolsa de uma única passageira.

Em declarações ao jornal The Telegraph, a vice-presidente para a área das coleções da RMS Titanic Inc. – a primeira empresa a recuperar artefactos do Titanic e agora detentora dos direitos sobre tudo o que de lá seja retirado ou encontrado – desvendou que o objetivo desta exposição é levar os visitantes a sentir a sensação desta descoberta.

“Descer 2,5 milhas no oceano, recuperar um saco, trazê-lo ao de cima, abri-lo e encontrar joias… conseguimos dar aos visitantes uma noção de como deve ter sido abrir aquilo pela primeira vez e ver, em conjunto, as bonitas joias do período eduardiano”, completa Alexandra Klingelhofer.

Para 2013, prevê-se a passagem desta exposição por Orlando e Las Vegas.

15 de Novembro, 2012
Atualidade

Notícias relacionadas

Mesh cria jóias genderless

A nova coleção foi idealizada em colaboração com a Lewis Magazine, numa primeira coleção “sem género”, marcada pela “diversidade, inclusão, minimalismo, elegância e uma nova visão de peças intemporais”.

Ler mais 12 de Agosto, 2022
AtualidadeOurivesaria

Loja virtual ou marketplace? 

A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E. (AICEP) mostra os prós e contras destas duas soluções online para o seu negócio em formato virtual.

Ler mais 8 de Agosto, 2022
AtualidadeNotícias