Joias de passageira de Titanic expostas 100 anos depois do naufrágio

Imagem da notícia: Joias de passageira de Titanic expostas 100 anos depois do naufrágio

As 15 peças em exposição foram resgatadas em 1987 durante uma expedição feita ao navio, e são todas provenientes da bolsa de uma única passageira.

Em declarações ao jornal The Telegraph, a vice-presidente para a área das coleções da RMS Titanic Inc. – a primeira empresa a recuperar artefactos do Titanic e agora detentora dos direitos sobre tudo o que de lá seja retirado ou encontrado – desvendou que o objetivo desta exposição é levar os visitantes a sentir a sensação desta descoberta.

“Descer 2,5 milhas no oceano, recuperar um saco, trazê-lo ao de cima, abri-lo e encontrar joias… conseguimos dar aos visitantes uma noção de como deve ter sido abrir aquilo pela primeira vez e ver, em conjunto, as bonitas joias do período eduardiano”, completa Alexandra Klingelhofer.

Para 2013, prevê-se a passagem desta exposição por Orlando e Las Vegas.

15 de Novembro, 2012
Atualidade

Notícias relacionadas

Ourivesaria Tavares marca 100 anos em 2022

As comemorações desta “data redonda” fazem parte de algumas mudanças da casa centenária. Novo website, inovação, mas também muita “herança” são as apostas da ourivesaria poveira.

Ler mais 1 de Dezembro, 2021
AtualidadeEventosOurivesaria