“Queremos fazer diferente”

JóiaPro · Distribuem as colecções Rocha Carvão, Némesis e Ouroave? Porquê apostar agora na representação da Zeades Monte Carlo?

Renata Pinto · Esta marca  do Mónaco revela-se de grande qualidade, com um conceito absolutamente novo em relação a artigos de culto e estilo, e com um ‘portfolio’ completo e abrangente. Desde o início, procuramos ter colecções de referência para uma vasta fatia de clientes.

 

JP · Sentem que trazem algo de novo para o sector português?

RP · Sem dúvida! As colecções Zeades Monte Carlo apresentam um ‘design’ apurado em aço, que emana uma energia e solidez próprias deste material. Além disso, a beleza e o toque das mais exclusivas e finas peles da Toscânia e a fiabilidade das máquinas que incorporam os relógios, tornam os artigos Zeades Monte Carlo únicos.

 

JP · Que ‘feedback’ obtiveram já dos clientes?

RP · No que concerne à Zeades Monte Carlo, estamos ainda a dar os primeiros passos. Fizemos uma primeira abordagem junto de algumas lojas e a resposta foi muito positiva. Esta situação reforçou ainda mais a vontade da nossa aposta.

 

JP · Que produtos destaca desta marca ‘designed in Monaco’?

RP · São verdadeiras “jóias de pele genuína”, que incorporam pedras e outros elementos arrojados. A marca apresenta uma gama fantástica para senhora, porém o “departamento” masculino é realmente inovador, comparativamente àquilo a que o mercado português está habituado.


Veja a versão integral na edição 38 da JóiaPro

4 Março 2011
Entrevistas

Notícias relacionadas

“A joalharia só pode ser feita com amor”

Quem o diz é José João Vilares, um eterno apaixonado pela ourivesaria e fundador da escola de joalharia contemporânea Engenho & Arte, sediada no Porto. Numa conversa intimista, o responsável revelou-nos que este projeto nasceu do sonho de impulsionar a joalharia contemporânea, preservando sempre as técnicas mais ancestrais desta arte.

Ler mais 7 Outubro 2020
EntrevistasJoalharia e ourivesaria