Preço do ouro sofre maior queda em seis meses

Os dados do Departamento do Comércio mostraram que as encomendas aumentaram 0,7 por cento, quando os economistas sondados pela Bloomberg antecipavam uma quebra em 0,1 por cento no penúltimo mês de 2010. Os especialistas consideram ser um sinal de que os investimentos das empresas americanas e as exportações vão continuar a contribuir para o crescimento económico do país.

A notícia está a alimentar a especulação de que a recuperação económica pode travar o apetite dos investidores por matérias-primas, como um investimento alternativo às acções e às divisas em tempo de crise.

É por tudo isto que o preço da onça de ouro perdia 2,57 por cento para 1.378,4 dólares, em Nova Iorque, depois de ter estado já a tombar mais de três por cento durante a sessão, o que corresponde à maior descida desde o início de Julho.

 

Fonte: Jornal Diário Económico

13 de Janeiro, 2011
Entrevistas

Notícias relacionadas