Swatch constrói casa para crianças refugiadas

A Swatch iniciou em Novembro a construção do primeiro Centro de Acolhimento Temporário para Crianças Refugiadas em Portugal, ao serviço do Conselho Português para os Refugiados.

Situado no Parque da Belavista, o centro de acolhimento destina-se a apoiar as crianças refugiadas até aos 18 anos, que são forçadas a deslocar-se por inúmeras razões.

A segunda fase do projecto de responsabilidade social da marca relaciona-se com a colecção Swatch Anne-Flore, criada em parceria com a estrela do Snowboard Mundial. Por cada relógio vendido, seis euros revertem para a edificação desta casa de acolhimento.

 

23 Dezembro 2010
Entrevistas

Notícias relacionadas

“A joalharia só pode ser feita com amor”

Quem o diz é José João Vilares, um eterno apaixonado pela ourivesaria e fundador da escola de joalharia contemporânea Engenho & Arte, sediada no Porto. Numa conversa intimista, o responsável revelou-nos que este projeto nasceu do sonho de impulsionar a joalharia contemporânea, preservando sempre as técnicas mais ancestrais desta arte.

Ler mais 7 Outubro 2020
EntrevistasJoalharia e ourivesaria