Moçambique cria centro de gemologia

Imagem da notícia: Moçambique cria centro de gemologia

O Conselho de Ministros de Moçambique aprovou a criação de um centro de gemologia e lapidação de pedras preciosas, instituição pública de formação profissional de avaliação, classificação e certificação de gemas. Moçambique é um dos grandes produtores e fornecedores ao mercado internacional de pedras preciosas em bruto, especialmente esmeralda, rubi, safira e topázio. Contudo, a falta de indústria de lapidação, de mão-de-obra especializada em gemologia
e de uma entidade que regule o preço e certifique as gemas tem causado prejuízos ao Estado. Cerca de 98 por cento dos minerais exportam-se em bruto e o preço aplicado situa-se muito abaixo do praticado no mercado internacional. O organismo terá sede em Nampula e visa modificar a situação prevalecente.

16 Dezembro 2009
Entrevistas

Notícias relacionadas

“A joalharia só pode ser feita com amor”

Quem o diz é José João Vilares, um eterno apaixonado pela ourivesaria e fundador da escola de joalharia contemporânea Engenho & Arte, sediada no Porto. Numa conversa intimista, o responsável revelou-nos que este projeto nasceu do sonho de impulsionar a joalharia contemporânea, preservando sempre as técnicas mais ancestrais desta arte.

Ler mais 7 Outubro 2020
EntrevistasJoalharia e ourivesaria