Nova LOPJ – Esclarecimento ao setor da ourivesaria

Imagem da notícia: Nova LOPJ – Esclarecimento ao setor da ourivesaria

Com a entrada em vigor na nova Lei Orgânica da Polícia Judiciária (LOPJ) ainda em 2019, aprovada pelo Decreto-Lei n.º 137/2019, foram levantadas questões de interpretação por parte dos operadores económicos do setor da ourivesaria.

Em particular e especificamente era essencial clarificar a que operadores económicos se referia o diploma num ponto em particular tendo em consideração o que também é exposto no Regime Jurídico de Ourivesaria (RJOC).

A APIO solicitou então em outubro do ano passado esclarecimentos à Direção Nacional da Polícia Judiciária que tiveram agora resposta. Deste modo há a clarificar que, quanto aos operadores económicos do setor de ourivesaria:

• Relativamente ao setor da ourivesaria, as obrigações previstas pela LOPJ circunscrevem-se aos agentes económicos que se dediquem à comercialização de artigos penhorados. Os agentes económicos que se dediquem à compra e venda de artigos com metal precioso usados encontram-se abrangidos pelo RJOC.

• Sem prejuízo das obrigações previstas por lei para com outras autoridades administrativas e policiais, nos termos e efeitos dos artigos 66.º e 69.º do RJOC, os agentes económicos que comercializem artigos com metal precioso usados encontram-se obrigados a proceder à comunicação das transações efetuadas à PJ.

• A comunicação deve ser efetuada semanalmente, à unidade da PJ com competência territorial, através do modelo aprovado pelo Diretor da Polícia Judiciária.

• Nos termos dos referidos dispositivos legais, os agentes económicos ficam de igual forma obrigados a conservar os bens de forma inalterados, a não alienar os mesmos por um período de 20 dias, bem como de proceder à comunicação do destino dos artigos a fundir.

• Compete à PJ, de acordo com a LOPJ e o RJOC, proceder à fiscalização de tais obrigações, bem como de proceder à instrução dos respetivos processos relativos às contraordenações decorrentes do incumprimento das referidas obrigações legais.

Saiba mais aqui.

30 de Setembro, 2020
Atualidade

Notícias relacionadas

Portugal Jewels apresenta coleção Joias de Marcassites

A Portugal Jewels apresenta a coleção Joias de Marcassites, uma seleção de anéis, brincos, colares, pulseiras e alfinetes com pedras naturais de Marcassites, réplicas em prata de peças clássicas da joalharia portuguesa do século XVIII. ⁠

Ler mais 24 de Setembro, 2021
AtualidadeOurivesaria

K di Kuore desvenda Easy Collection

Esta coleção distingue-se pelo uso da técnica tubogas, uma tradição artesanal que se tornou um “culto contemporâneo” graças ao “inovador design” da K di Kuore.

Ler mais 22 de Setembro, 2021
AtualidadeOurivesaria