Venezuela procura investimento do oriente

Imagem da notícia: Venezuela procura investimento do oriente

Nos dias 11 e 12 de fevereiro o ministro do petróleo e minério venezuelano, Eulogio Del Pino, receberá um representante da Arábia Saudita com o propósito de investir na indústria dos diamantes.

A ideia é potencializar as áreas geográficas com reservas desta pedra preciosa e oficializar o necessário para os mecanismos da sua exploração.

Desta forma, evitam-se os trâmites impostos pelo processo Kimberley, que proíbe a circulação de diamantes provenientes de locais problemáticos, legalizando a venda de diamantes venezuelanos e, assim, enaltecer esta indústria como dinamizador da economia daquele país.

A parceria dar-se-á mediante a lei orgânica de exploração de ouro e demais minerais, para estabelecer alianças entre público e privado, nomeadamente na exportação dos diamantes, que será por empresas mistas.

Para tal, contará igualmente com as forças armadas bolivianas para garantir segurança.

2 Fevereiro 2016
Atualidade

Notícias relacionadas

Candidaturas abertas para o Programa Apoiar.pt

Já pode registar a sua empresa ou organização no Balcão Portugal 2020, caso pretenda requerer o novo apoio dirigido aos negócios mais afetados pela pandemia Covid-19, nomeadamente na área do comércio.

Ler mais 27 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria

Yvel desenvolve máscara de proteção mais cara do mundo

A máscara de proteção mais cara do mundo custa cerca de 1,3 milhões de euros e foi desenvolvida pela Yvel, marca de joalharia israelita. O equipamento de proteção individual deverá incluir mais de 3.600 diamantes brancos e pretos.

Ler mais 26 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria