Venezuela procura investimento do oriente

Imagem da notícia: Venezuela procura investimento do oriente

Nos dias 11 e 12 de fevereiro o ministro do petróleo e minério venezuelano, Eulogio Del Pino, receberá um representante da Arábia Saudita com o propósito de investir na indústria dos diamantes.

A ideia é potencializar as áreas geográficas com reservas desta pedra preciosa e oficializar o necessário para os mecanismos da sua exploração.

Desta forma, evitam-se os trâmites impostos pelo processo Kimberley, que proíbe a circulação de diamantes provenientes de locais problemáticos, legalizando a venda de diamantes venezuelanos e, assim, enaltecer esta indústria como dinamizador da economia daquele país.

A parceria dar-se-á mediante a lei orgânica de exploração de ouro e demais minerais, para estabelecer alianças entre público e privado, nomeadamente na exportação dos diamantes, que será por empresas mistas.

Para tal, contará igualmente com as forças armadas bolivianas para garantir segurança.

2 Fevereiro 2016
Atualidade

Notícias relacionadas

Como será a indústria do luxo após a Covid-19?

Dez das principais mentes da área do comércio de bens de luxo - incluindo relojoeiros e joalheiros - falam sobre as consequências duradouras da crise relacionada com a pandemia de Covid-19.

Ler mais 8 Setembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesariaRelojoaria

STAYAWAY COVID, a app de rastreio automático

A STAYAWAY COVID é uma aplicação móvel de rastreio automático de contactos de utentes com Covid-19. Foi apresentada a 1 de setembro como um meio complementar aos sistemas tradicionais de resposta à pandemia.

Ler mais 7 Setembro 2020
Atualidade

Agosto em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de agosto de 2020, segundo dados do Google Analytics.

Ler mais 1 Setembro 2020
Atualidade