“Setor unido, jamais será vencido”

Imagem da notícia: “Setor unido, jamais será vencido”

A propósito do estudo publicado pela Deco sobre os investimentos em ouro (http://www.joiapro.com/pagina/seccao/3/noticia/624), a JoiaPro contactou alguns profissionais do setor para saber as suas opiniões.

Manuel Freitas, da Ourivesaria Freitas, referiu que o estudo da Deco foi feito a curto prazo, pois “ninguém pode garantir, neste espaço de tempo, a evolução das cotações. (…)

Temos que realçar também que a ourivesaria tradicional portuguesa, feita manualmente, tende a acabar e essas joias, a médio prazo, tendem a valorizar.

Acredito que não foi um estudo tendencioso, mas sim superficial, sem conhecimento da realidade da nossa ourivesaria tradicional tão apreciada pelos portugueses e por quem nos visita.

São joias intemporais e não feitas em série, como a maior parte das que importamos”.

Leia outras opiniões na JoiaPro 58, brevemente disponível.

5 de Fevereiro, 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Mesh cria jóias genderless

A nova coleção foi idealizada em colaboração com a Lewis Magazine, numa primeira coleção “sem género”, marcada pela “diversidade, inclusão, minimalismo, elegância e uma nova visão de peças intemporais”.

Ler mais 12 de Agosto, 2022
AtualidadeOurivesaria

Loja virtual ou marketplace? 

A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E. (AICEP) mostra os prós e contras destas duas soluções online para o seu negócio em formato virtual.

Ler mais 8 de Agosto, 2022
AtualidadeNotícias