As joias da Capital Europeia da Cultura

Imagem da notícia: As joias da Capital Europeia da Cultura

Eugénio Campos, Finouro, Inês Barbosa, Lucente Jóias, MC Pof, Mística Jóias, Ouronor e Sousa e Coelho quiseram apostar na produção de joias e outros objetos para aproveitar as oportunidades de negócio geradas pela Capital Europeia da Cultura, bem como para chegar a novos clientes e reforçar a notoriedade das empresas.

 

O licenciamento das peças, que utilizam o logótipo do evento, realiza-se junto da Fundação Guimarães 2012. Através da análise de uma amostra, a instituição fornece uma autorização, que é dada sob a forma de licenciamento, mediante a assinatura de um contrato.

 

Cada uma das peças que entra no circuito de comercialização tem de ostentar uma etiqueta que atesta o licenciamento. Se for necessário produzir novas peças, mesmo já tendo sido licenciadas, terão de apresentar a respetiva etiqueta.

Leia a reportagem na íntegra da JoiaPro 52!

 

 

 

1 de Outubro, 2012
Atualidade

Notícias relacionadas

Cauny apresenta os novos Legacy Senhora 

Inspirado nas cores do verão, os novos Cauny Legacy vieram para ficar. Elegante e desportivo, o novo Legacy é um cronógrafo que fica bem em todas as situações.

Ler mais 22 de Julho, 2024
AtualidadeRelógios