“Criamos lojas únicas, diferentes e personalizadas”

JóiaPro • Quais são os serviços que a Módulo Geométrico proporciona ao sector de ourivesaria e joalharia?
Paulo Nascimento• Possuimos várias valências na área da remodelação de espaços. Essencialmente, a Módulo Geométrico disponibiliza o serviço “chave na mão”, que vai desde a triagem das necessidades dos clientes, passando pela execução de projectos, até à aprovação por parte do cliente. Depois desta abordagem, faz-se um planeamento da obra, para serem cumpridas eficazmente todas as etapas do trabalho. Desta forma, tudo os pontos previstos em projecto corresponderão à realidade e o cliente preocupa-se o mínimo possível durante a execução da obra. A Módulo Geométrico responsabiliza-se pela obra desde o levantamento do projecto, até à construção final da obra, passando por etapas como criação, equipamento, mobiliário e ‘design’ gráfico.

JP • O factor criatividade é extremamente importante para a vossa actividade de remodelação…
PN• Claramente e, por isso, temos um grupo de técnicos, arquitectos, e ‘designers’ de interiores, que agarram o projecto de uma forma inteira. Ou seja, quer a nível da concepção do espaço, quer ao nível do ‘design’ de mobiliário e do marketing, fazem com que a loja criada seja única, diferente e personalizada.

 

JP • O que trazem de novo para os profissionais que actuam nesta área?
PN• ‘Design’, profissionalismo e qualidade. Hoje em dia, tudo gira à volta da imagem e, na ourivesaria, este ponto é essencial. Ter um espaço moderno e apelativo faz toda a diferença. As pessoas entram em espaços onde se sentem bem e, com uma loja atraente, esse conforto torna-se imediato.

JP • Que características deve ter uma ourivesaria moderna?
PN • Deve ser funcional e esteticamente atraente. Os desafios que se impõem na concepção de espaços são inúmeros. Contudo, as ourivesarias do amanhã, para marcarem a diferença, terão que pautar pela inovação, ‘design’, qualidade e profissionalismo.

 

Leia a versão integral da entrevista na edição nº 35 da JóiaPro

27 Dezembro 2010
Entrevistas

Notícias relacionadas

“A joalharia só pode ser feita com amor”

Quem o diz é José João Vilares, um eterno apaixonado pela ourivesaria e fundador da escola de joalharia contemporânea Engenho & Arte, sediada no Porto. Numa conversa intimista, o responsável revelou-nos que este projeto nasceu do sonho de impulsionar a joalharia contemporânea, preservando sempre as técnicas mais ancestrais desta arte.

Ler mais 7 Outubro 2020
EntrevistasJoalharia e ourivesaria