Jaeger-LeCoultre: aliança entre alta relojoaria e alta joalharia

Imagem da notícia: Jaeger-LeCoultre: aliança entre alta relojoaria e alta joalharia

Concebido originalmente para relógios de alta joalharia e apresentado pela Grande Maison em 1929, o Calibre 101 revolucionou a relojoaria feminina.  A sua dimensão minúscula em forma de baguete permitiu que os designers alcançassem novos patamares de liberdade estética.

Desenvolvido meio século antes do advento do design digital e da tecnologia de produção, o Calibre 101 é um notável feito de miniaturização. Com 14mm de comprimento, menos de 5mm de largura e pesando cerca de um grama, o minúsculo calibre de corda manual permanece o mais pequeno movimento mecânico do mundo. É também um dos mais antigos movimentos ainda em produção.  

Ao longo dos anos, o Calibre 101 figurou em vários relógios de alta joalharia da Jaeger-LeCoultre, assim como em criações de outras grandes Maisons. Estas raras peças embelezaram os pulsos de mulheres excecionais, incluindo os da Rainha Isabel II, que usou uma, presente do presidente francês, na sua coroação em 1953.

Nos dois novos relógios de diamantes, a equipa artística da Jaeger-LeCoultre adotou uma abordagem mais comum em joalharia, desenhando primeiro a forma das pulseiras e estilo da incrustação das pedras preciosas e integrando depois as caixas e os movimentos nos designs. Ao desenhar um relógio é normalmente adotada a abordagem inversa, começando-se primeiro pela caixa e depois criando as pulseiras ou correias como complementos desta.  

Ambas as pulseiras respeitam de forma fiel os códigos clássicos da alta joalharia e são compostas por ouro rosa repleto de diamantes, sendo utilizadas apenas pedras classificadas de IF a VVS. No entanto, os designs são totalmente diferentes, tanto na forma como no caráter, enfatizando assim a liberdade criativa permitida pelo minúsculo Calibre 101. 

10 Setembro 2020
Joalharia e ourivesariaRelojoaria

Notícias relacionadas

Candidaturas abertas para o Programa Apoiar.pt

Já pode registar a sua empresa ou organização no Balcão Portugal 2020, caso pretenda requerer o novo apoio dirigido aos negócios mais afetados pela pandemia Covid-19, nomeadamente na área do comércio.

Ler mais 27 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria

Yvel desenvolve máscara de proteção mais cara do mundo

A máscara de proteção mais cara do mundo custa cerca de 1,3 milhões de euros e foi desenvolvida pela Yvel, marca de joalharia israelita. O equipamento de proteção individual deverá incluir mais de 3.600 diamantes brancos e pretos.

Ler mais 26 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria