Lojas físicas são importantes apesar de crescimento online, diz estudo

Imagem da notícia: Lojas físicas são importantes apesar de crescimento online, diz estudo

De acordo com o OJE, cerca de 83% das marcas admite que os seus planos de expansão das lojas não serão afetados pelo crescimento do comércio online em 2016, apesar deste cenário poder alterar-se de acordo com o mercado em questão. Apenas 22% das marcas está preocupada com o impacto que a forte concorrência do retalho online poderá vir a ter no mercado este ano.

Do total de inquiridos, 17% mantém ambições de larga escala, com muitos retalhistas a estimarem a abertura de mais de 40 lojas (mais 9% que em 2015) em 2016 e a grande maioria (67%) prevê abrir até 20 lojas. A conclusão está na 7ª edição estudo “How Active Are Retailers Globally?” da CBRE.

Carlos Récio, diretor de Agência de Comércio da CBRE, comenta que, “apesar do contexto de incerteza económica e do aumento anual da popularidade das compras online, a presença de uma loja em locais chave mantém-se um elemento essencial para reforçar a presença e a força da marca junto do público. As lojas continuam a ter que criar uma afinidade emocional com os consumidores e os clientes continuam a sentir a necessidade de se deslocar a uma loja tradicional, de tocar no produto e de usufruir do bem-estar associado à inigualável experiência de loja”.

15 de Abril, 2016
Atualidade

Notícias relacionadas

Swatch com nova coleção: sustentável, biológica e cheia de estilo

A marca relojoeira Suíça apresenta a sua mais recente inovação: a BIOCERAMIC. Apenas alguns meses após o lançamento do primeiro Swatch fabricado com materiais de origem biológica, em setembro de 2020, chega agora uma nova e única combinação de cerâmica com plástico de origem biológica: made by Swatch.

Ler mais 14 de Abril, 2021
AtualidadeRelojoaria