Associações unem-se contra nova lei

Imagem da notícia: Associações unem-se contra nova lei

A APIO, AORP e ACORS uniram-se para redigir uma carta aberta ao Ministro das Finanças, relativamente à recente lei das contrastarias, manifestando “publicamente o mais veemente repúdio”.

A Portaria n.º 403-B/2015, de 13 de novembro, instaurou um conjunto de normas que tem, de uma forma geral, unido os vários profissionais que se manifestam contra. “O montante das taxas agora aprovadas, a par do Regime Jurídico da Ourivesaria e das Contrastarias que acaba de entrar em vigor, implicará o desaparecimento, imediato ou no curto prazo, de muitos dos agentes económicos de menor dimensão do sector”, lê-se na carta aberta.

Acusam igualmente de que se trata de uma tentativa de assegurar a viabilidade económica e financeira da INCM, relatando que 90% das taxas fixadas têm precisamente este fim. Expõem ainda a “falácia” de comparar estas normas à realidade europeia, como a espanhola, como o valor excessivo atribuído às licenças de atividade, os valores dos ensaios e marcação de artigos “manifestamente falhos de razoabilidade”, o “agravamento do valor das taxas de urgência” e o “regime bonificado de que beneficiam os operadores económicos com maior dimensão”.

Leia a carta na íntegra aqui!

14 Dezembro 2015
Atualidade

Notícias relacionadas

Portuguese Jewellery: A Global Show com novas candidaturas

A AORP volta a disponibilizar as candidaturas para o projeto Portuguese Jewellery: A Global Show, o quarto Programa de Internacionalização da Ourivesaria de Portugal 2020 – 2021. Os interessados devem candidatar-se até ao dia 30 de outubro.

Ler mais 23 Outubro 2020
Atualidade

Inhorgenta 2021 conta com grande apoio da indústria

A Inhorgenta Munich será realizada entre os dias 19 e 22 de fevereiro de 2021, contando com um grande apoio da indústria apesar da situação pandémica que vivemos atualmente. Cerca de cinco meses antes do início do evento, são vários os expositores que já se inscreveram.

Ler mais 19 Outubro 2020
Atualidade