Relógio histórico vendido em Genebra

Imagem da notícia: Relógio histórico vendido em Genebra

A casa de leilões Sotheby´s vendeu recentemente um raro relógio Luminor Officine Panerai por 348 mil euros.

Trata-se de uma peça com caixa em aço inoxidável, de cerca de 1955, com um clássico dispositivo de proteção da coroa, uma característica que os Luminor de hoje também partilham.

Apresenta um mecanismo de corda manual, um fundo aparafusado e um grande mostrador preto com índices e números nos pontos cardeais.

O valor dos ‘vintage’ Officine Panerai tem vindo a aumentar nos últimos anos, tendo em conta que a marca só começou a vender ao público a partir de 1993. Todos os relógios produzidos antes, isto é, entre 1936 e a década de ´50, destinavam-se aos comandos da marinha italiana nas suas missões subaquáticas.

Este Luminor é um modelo único, distinguido pelo bisel rotativo em policarbonato transparente e com pequenos pontos pretos ou marcadores luminescentes.

O aro é removível, pelo que é provável que este relógio tenha sido um protótipo que nunca avançou para produção.

O relógio, que foi comprado em Genebra, foi colocado à venda pelos familiares do Almirante Gino Birindelli, que participou numa série de missões subaquáticas durante a Segunda Guerra Mundial, que lhe valeram a medalha Military Valour.

26 Maio 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Nova LOPJ – Esclarecimento ao setor da ourivesaria

Com a entrada em vigor na nova Lei Orgânica da Polícia Judiciária (LOPJ) ainda em 2019, aprovada pelo Decreto-Lei n.º 137/2019, foram levantadas questões de interpretação por parte dos operadores económicos do setor da ourivesaria. A APIO solicitou então em outubro do ano passado esclarecimentos à Direção Nacional da Polícia Judiciária que tiveram agora resposta.

Ler mais 30 Setembro 2020
Atualidade