Um universo no pulso

Imagem da notícia: Um universo no pulso

Conheça o Midnight Planetarium Poetic Complication, da Van Cleef & Arpels, um relógio-joia masculino inspirado nos corpos celestes, apresentado recentemente no Salon International de la Haute Hortologerie em Genebra, Suíça.

No mostrador é possível vislumbrar o sistema solar, tal como se fosse um planetário de pulso. Através de um mecanismo automático complexo, Mercúrio, Vénus, Terra, Marte, Júpiter e Saturno ganham o movimento de translação à volta do Sol, completamente fiel ao comportamento dos planetas verdadeiros (levam o mesmo tempo que os reais a completar esta volta).

Em parceria com a Christiaan van der Klaauw, tal só é possível com a precisão milimétrica de 396 peças. A leitura das horas é possível através da observação da estrela cadente – o único ponteiro da peça – que se encontra no limite externo do mostrador, que completa uma volta em 24 horas.

Quando aos materiais usados, o mostrador é em ouro rosa, com pedras joalheiras como a aventurina, serpentina, jade negro da Birmânia, turquesa, jaspe vermelho, ágata azul e luvulite. A pulseira é de pele de crocodilo em preto, com fecho dobrável em ouro rosa.

Existe uma variante do Midnight Planetarium Poetic Complication, com um aro de diamantes baguete cravejados e um fecho de báscula engastado com diamantes redondos.

20 Maio 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Candidaturas abertas para o Programa Apoiar.pt

Já pode registar a sua empresa ou organização no Balcão Portugal 2020, caso pretenda requerer o novo apoio dirigido aos negócios mais afetados pela pandemia Covid-19, nomeadamente na área do comércio.

Ler mais 27 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria

Yvel desenvolve máscara de proteção mais cara do mundo

A máscara de proteção mais cara do mundo custa cerca de 1,3 milhões de euros e foi desenvolvida pela Yvel, marca de joalharia israelita. O equipamento de proteção individual deverá incluir mais de 3.600 diamantes brancos e pretos.

Ler mais 26 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria