“A arte é uma paixão e a reciclagem uma preocupação desde sempre”

Imagem da notícia: “A arte é uma paixão e a reciclagem uma preocupação desde sempre”

A propósito da reportagem “Criar joias ecológicas”, publicada na JoiaPro 57, falámos com a ‘designer’ e ilustradora Anabela Marques.

Anabela Marques é formada em Pintura. A arte de criar “joias” surgiu na sua vida depois de uma pós graduação na Faculdade de Belas Artes de Barcelona. Desde aí, desenha e produz acessórios com plástico pet e revistas de arte desatualizadas, através de uma técnica criada por ela própria, que consiste na conjugação destes dois materiais.

“Fascinam-me os materiais com que trabalho e a liberdade que eles me proporcionam na criação de peças usáveis e que dão vida a qualquer camisola básica, por exemplo. Dou preferência ao plástico pet de embalagens e a papel de revistas de arte. A partir daí, posso também utilizar correntes metálicas, couro, arame e contas de materiais variados. Entre as peças mais emblemáticas que já criei, estão o colar Urbanation e a pulseira Counting Sheep”.

Sobre o porquê de usar o conceito reciclagem nas suas criações, Anabela Marques disse-nos que é uma atitude que faz todo o sentido, pois “a arte é uma paixão e a reciclagem uma preocupação desde sempre. Para além disso, é uma questão de consciência. Não suporto a ideia de se usarem cada vez mais embalagens de plástico para tudo. Infelizmente, em Portugal são poucas as marcas que fazem reutilização de materiais”.

Quando questionada sobre a aceitação das suas peças enquanto obras de joalharia, a artista referiu que não gosta de rótulos, apesar de já ter pensado sobre isso diversas vezes.

“O que sei é que o que faço tem qualidade… trata-se de uma técnica inovadora… não repito imagens, sigo uma linha evolutiva no sentido técnico e no sentido de alcançar uma estética contemporânea. A partir daí, os entendidos que tirem as suas ilações”.

13 de Janeiro, 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Ourivesaria Tavares marca 100 anos em 2022

As comemorações desta “data redonda” fazem parte de algumas mudanças da casa centenária. Novo website, inovação, mas também muita “herança” são as apostas da ourivesaria poveira.

Ler mais 1 de Dezembro, 2021
AtualidadeEventosOurivesaria