Aviões unem-se a relógios

Imagem da notícia: Aviões unem-se a relógios

No museu da MTU Aero Engines, em Munique, uniu-se a relojoaria à aeronáutica.

A ideia do museu desta produtora de motores de aviões foi a de mostrar que a perfeição não tem um tamanho no sentido literal, recorrendo a uma afirmação de Sir Henry Royce, cofundador da Rolls-Royce. “Coisas pequenas fazem a perfeição, mas a perfeição não é uma coisa pequena”.

Tal como a Airbus foi fundamental para o desenvolvimento da aeronáutica, a A. Lange & Söhne foi preponderante para a Relojoaria, sendo exemplo o Lange 31, um exemplar relógio de pulso mecânico que é pioneiro ao apresentar uma reserva de energia para um mês.

Na mesma exposição estiveram presentes o Double Split, um cronógrafo de duplo ‘rattrapante’, e o Lange Zeitwerk, o responsável pelo patenteamento do mecanismo de escape de força constante.

10 Julho 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Candidaturas abertas para o Programa Apoiar.pt

Já pode registar a sua empresa ou organização no Balcão Portugal 2020, caso pretenda requerer o novo apoio dirigido aos negócios mais afetados pela pandemia Covid-19, nomeadamente na área do comércio.

Ler mais 27 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria

Yvel desenvolve máscara de proteção mais cara do mundo

A máscara de proteção mais cara do mundo custa cerca de 1,3 milhões de euros e foi desenvolvida pela Yvel, marca de joalharia israelita. O equipamento de proteção individual deverá incluir mais de 3.600 diamantes brancos e pretos.

Ler mais 26 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria