Uso de laser implica prevenção

Imagem da notícia: Uso de laser implica prevenção

A adLaser, empresa nacional que se dedica à formação e consultoria em segurança laser, vai promover no dia 8 de abril o I Seminário “Tecnologia Laser em Segurança” no auditório da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL).

Das 09h00 às 13h00, o foco da formação reside na utilização de fontes de luz intensa e de laser no ambiente de trabalho e em espaços de acesso público.

José Manuel Rebordão, da FCUL, e Margarida Pires, da adLaser, são os formadores deste seminário.

O 1º painel designa-se “Segurança no Trabalho”, que abordará as questões relacionadas com a saúde no meio laboral, relativamente às boas práticas, casos de sucesso e o papel das autoridades públicas e privadas de segurança.

O 2º painel completa o primeiro momento desta formação, ao debater “Segurança em espaços de acesso público”, visto que a insegurança da utilização de fones de luz intensa ou radiação laser é generalizada, pelo que é comum a ausência de regulamentação.

A utilização de ponteiros em lugares públicos, a animação de espetáculos com luz laser e a aplicação intencional de radiação laser exigem conhecimento das propriedades dos equipamentos, como também os riscos de um manuseamento desmesurado.

Tendo em conta que o laser é usado em ourivesaria, é um momento interessante para todos os profissionais da indústria aumentarem o seu ‘know-how’ sobre o tema.

Inscreva-se até 4 de abril, em geral@adlaser.pt ou ligue para 217 101 128.

26 Março 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Candidaturas abertas para o Programa Apoiar.pt

Já pode registar a sua empresa ou organização no Balcão Portugal 2020, caso pretenda requerer o novo apoio dirigido aos negócios mais afetados pela pandemia Covid-19, nomeadamente na área do comércio.

Ler mais 27 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria

Yvel desenvolve máscara de proteção mais cara do mundo

A máscara de proteção mais cara do mundo custa cerca de 1,3 milhões de euros e foi desenvolvida pela Yvel, marca de joalharia israelita. O equipamento de proteção individual deverá incluir mais de 3.600 diamantes brancos e pretos.

Ler mais 26 Novembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria