“Queremos estar num nicho muito particular”

Imagem da notícia: “Queremos estar num nicho muito particular”

JoiaPro: Como é que a Casio se implementou como marca de referência?

Fernando Pontes: A Casio é uma das empresas mais antigas na área da relojoaria a nível mundial, com aproximadamente 40 anos de especialização em relógios digitais, o que a torna uma das pioneiras neste setor.

Há aproximadamente três meses, a Casio ficou com a distribuição direta em Portugal, após acabar a parceria com um distribuidor.

Não foi por a empresa trabalhar mal, foi mais uma questão de mudança de atitude e de aproveitar recursos, uma vez que com um escritório aberto em Portugal, temos a oportunidade de lançar os produtos rapidamente no mercado dando algumas mais-valias aos nossos clientes.

A Casio é uma máquina de marketing muito grande que está baseada noutros países da Europa, dos quais bebemos informação e conhecimentos.

São estas as bases para que a Casio cresça mais em Portugal, comparativamente à posição que tinha antes.

Este processo vai levar algum tempo, mas estamos convictos de que vamos levar uma nova imagem da Casio ao mercado, uma imagem mais “Relojoeira” mais digna, mais high-tech.

Saiba mais na JoiaPro 55.

29 Agosto 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

Como será a indústria do luxo após a Covid-19?

Dez das principais mentes da área do comércio de bens de luxo - incluindo relojoeiros e joalheiros - falam sobre as consequências duradouras da crise relacionada com a pandemia de Covid-19.

Ler mais 8 Setembro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesariaRelojoaria