“Quero que cada joia seja portadora da minha ambição, amor e sentimento”

Imagem da notícia: “Quero que cada joia seja portadora da minha ambição, amor e sentimento”

Quem o diz é Eugénio Campos, CEO e criativo da Eugénio Campos Jewels. O CEO refere que quer que a marca portuguesa “seja uma referência, não só no setor moda, mas também no setor de joalharia e alta joalharia”.

Como imagina a Eugénio Campos daqui a 10 anos? 

Daqui a 10 anos imagino que seja, eventualmente, a minha filha, ou os meus filhos, quem estará à frente da marca. Isso faz parte daquilo que é o projeto para a minha marca, poder dar continuidade àquilo que é a construção deste projeto de vida e faz parte também, durante os próximos 10 anos, passar o testemunho. Mas, para além disso, desejo que daqui a 10 anos a marca portuguesa Eugénio Campos seja uma referência, não só no setor moda, mas também num setor de joalharia e alta joalharia, que é já aquilo que ambiciono para um futuro a curto prazo. 

Que mensagem gostaria de deixar a toda a equipa e, claro, aos vossos clientes? 

A mensagem que gostaria de deixar a toda a minha equipa e a todos os meus clientes é a mesma. Não pode ser muito diferente, já que tanto a minha equipa como os meus clientes são o mais importante para o desenvolvimento do meu projeto, para a continuidade da marca e são a garantia de futuro da mesma.  

Da minha parte, aquilo que a equipa e que os clientes podem ter a certeza que contam é com a continuidade destes 37 anos. Com tudo aquilo que foi a transformação para a marca, o posicionamento, a comunicação, as dinâmicas, mas acima de tudo uma dedicação às pessoas, à satisfação de todos e ao respeito por todos, querendo sempre deixar todos satisfeitos e felizes, quer na relação comigo, quer no uso das minhas joias. Aquilo que quero é que cada joia seja portadora daquela que é a minha ambição, o meu amor ou o meu sentimento pelas pessoas, pela minha equipa, pelos meus clientes e todos aqueles que me acompanham durante esta vida profissional, que felizmente tem sido um sucesso e que assim eu todos os dias irei trabalhar para que continue a ser. 

“A filosofia da Eugénio Campos Jewels é tentarmos, permanentemente, ir ao encontro do cliente Eugénio Campos, que é um cliente exigente, elegante e requintado” 

27 de Maio, 2024
Entrevistas

Notícias relacionadas

“Deixo o convite para que se juntem a nós”

João Faria, presidente da Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal (AORP), faz o convite às pessoas que trabalham no retalho para se juntarem à AORP: "Precisamos de ter mais gente do retalho, que nos dê feedback sobre essa secção e nos possa ajudar a analisar e a compreender melhor as necessidades dessa área", refere.

Ler mais 3 de Maio, 2024
Entrevistas