Orelha do diabo descoberta na Sibéria

Imagem da notícia: Orelha do diabo descoberta na Sibéria

Foi descoberta na região de Irkutsk na Sibéria, Rússia, a “orelha do diabo”, uma pepita de ouro de mais de seis quilos e meio, avaliada em milhares de euros.

A história do exemplar não deixa de ser insólita, em parte pelo misticismo intrínseco. Foi encontrada numa sexta-feira 13, na véspera de lua cheia.

A forma peculiar com que se apresenta, pontiaguda, faz lembrar a orelha de algo demoníaco, daí a nomenclatura orelha do diabo. Esta referência a Lúcifer é igualmente propositada: a pepita pesa 6,664 quilos. Há quem associe três seis seguidos ao número do diabo.

O achado foi um mero acaso. Neste jazigo de ouro da Ugakhan, empresa proprietária da mina, a pepita foi inicialmente colocada no lixo, porque as máquinas de filtragem não detetaram a presença do metal precioso na pedra. Até que um dos trabalhadores reparou que afinal a pepita podia ter algum valor.

Os funcionários acreditam que, devido ao grande tamanho da pedra, outras idênticas possam surgir no mesm sítio, suportando a hipótese do ditado local “uma pepita nunca vem só”.

A empresa disse, em comunicado, que vai “analisar cuidadosamente que outros materiais o inteligente equipamento colocou no lixo”.

26 de Junho, 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Ourivesaria Tavares marca 100 anos em 2022

As comemorações desta “data redonda” fazem parte de algumas mudanças da casa centenária. Novo website, inovação, mas também muita “herança” são as apostas da ourivesaria poveira.

Ler mais 1 de Dezembro, 2021
AtualidadeEventosOurivesaria