Carlos Caria da APIO fala do estudo da Deco

Imagem da notícia: Carlos Caria da APIO fala do estudo da Deco

Face ao estudo publicado pela Deco, sobre os investimentos em ouro, a Associação Portuguesa da Indústria da Ourivesaria teceu duras críticas.

Carlos Caria, presidente desta organização, começou por criticar a Deco por não ter contactado a APIO para ser uma das partes ouvidas nesta investigação.

Desta forma, evitava-se que o estudo “se revelasse tendencioso e omisso, transmitindo-se uma imagem incorreta de um dos investimentos mais seguros que se pode realizar”.

Afirma também que todo o setor foi afetado negativamente. A mesma instituição reforça a ideia de que investir em ouro é um bom negócio, visto que, “se recuarmos a 2003, encontra-se um preço de referência médio do ouro de 10,333 euros”, pelo que, se tivermos “em conta a cotação indicativa do Banco de Portugal seguida no estudo (31,71 euros), concluir-se-á que o seu valor mais do que triplicou”.

A APIO chama ainda a atenção para o facto de que “uma libra, para além do valor intrínseco do ouro, tem também o custo da sua elaboração, aquilo a que no setor se denomina ‘o preço do feitio’, o que torna a peça mais onerosa”.

É o caráter subjetivo da peça como o valor sentimental ou histórico, cuja avaliação é mais complicada de acordar.

Leia toda a reportagem na JoiaPro 58, brevemente disponível.

21 Março 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Inhorgenta 2021 conta com grande apoio da indústria

A Inhorgenta Munich será realizada entre os dias 19 e 22 de fevereiro de 2021, contando com um grande apoio da indústria apesar da situação pandémica que vivemos atualmente. Cerca de cinco meses antes do início do evento, são vários os expositores que já se inscreveram.

Ler mais 19 Outubro 2020
Atualidade

Imprensa Nacional – Casa da Moeda recebe selo Covid Safe

A Imprensa Nacional - Casa da Moeda (INCM) recebeu o selo Covid Safe, após uma auditoria da APCER - Associação Portuguesa de Certificação. Esta entidade reconhece as medidas de segurança e higiene tomadas pela empresa, de forma a garantir a diminuição do risco de contágio pelo novo coronavírus e restabelecer a confiança e segurança aos colaboradores, clientes e parceiros da organização.

Ler mais 8 Outubro 2020
AtualidadeJoalharia e ourivesaria

Setembro em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de setembro de 2020, segundo dados do Google Analytics.

Ler mais 2 Outubro 2020
Atualidade