Universidade do Minho desenvolve ouro colorido

Imagem da notícia: Universidade do Minho desenvolve ouro colorido

Através de uma impressora 3D, os investigadores conseguem, com pó de ouro puro, imprimir uma barra através de várias camadas de nanopartículas cujo padrão em que são dispostas é que vai definir a cor.

A Grad´Or, empresa responsável pela investigação, sabe que o ouro é predominantemente amarelo, pelo que estas peças coloridas são dirigidas a um nicho de mercado restrito.

O projeto leva já oito anos de investigação, um investimento na ordem dos dois milhões de euros em tecnologia e recursos humanos.

 

25 Setembro 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

Portuguese Jewellery: A Global Show com novas candidaturas

A AORP volta a disponibilizar as candidaturas para o projeto Portuguese Jewellery: A Global Show, o quarto Programa de Internacionalização da Ourivesaria de Portugal 2020 – 2021. Os interessados devem candidatar-se até ao dia 30 de outubro.

Ler mais 23 Outubro 2020
Atualidade

Inhorgenta 2021 conta com grande apoio da indústria

A Inhorgenta Munich será realizada entre os dias 19 e 22 de fevereiro de 2021, contando com um grande apoio da indústria apesar da situação pandémica que vivemos atualmente. Cerca de cinco meses antes do início do evento, são vários os expositores que já se inscreveram.

Ler mais 19 Outubro 2020
Atualidade