Nova arte de joalharia portuguesa no mundo

Imagem da notícia: Nova arte de joalharia portuguesa no mundo

Eleutério assume-se uma minuciosa arte de filigrana, que brilha atualmente em Portugal e em todo o mundo. Esta arte iniciou no século XIX com Manuel Antunes e, mais tarde, transmitiu ao seu filho Eleutério a técnica e foi passando de geração em geração. “Esta arte envolve um trabalho minucioso e apurado de aplicação de fios finos de ouro, que exige atenção e arte de quem o realiza.

A incorporação desta técnica permite que as nossas joias sejam diferentes das outras propostas que existem no mercado”, refere Rosa Antunes, administradora da empresa. A originalidade e a arte das joias Eleutério surpreendem o público conquistando os portugueses e os mercados estrangeiros.

Apesar de a tradição ser uma aposta da marca, a Eleutério não deixa de acompanhar a evolução dos tempos. “Manter as raízes, as tradições de décadas e ainda assim inovar apostando em novas ferramentas, materiais e técnicas, é o que temos feito ao longo dos anos. O que se pretende é conseguir criar peças que sejam atuais e de bom gosto, mas que conservem o que caracterizou esta marca desde sempre”, salienta Rosa Antunes.

Atualmente, a empresa caminha para um processo de internacionalização acelerado com perspetivas de entrar em novos mercados. A nível internacional, a joalharia tem uma forte presença em estabelecimentos de elevado posicionamento no mercado inglês e na Polónia, onde estabeleceu uma parceria com a mais conceituada cadeia de lojasW.KRUK.
Fora da Europa, a Eleutério chega aos EUA, através das galerias de Stuart Moore e regista ainda presenças pontuais em vendas realizadas no continente africano, nomeadamente em Angola e Moçambique.

10 de Janeiro, 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

Cauny apresenta os novos Legacy Senhora 

Inspirado nas cores do verão, os novos Cauny Legacy vieram para ficar. Elegante e desportivo, o novo Legacy é um cronógrafo que fica bem em todas as situações.

Ler mais 22 de Julho, 2024
AtualidadeRelógios