Patricarla leva joias portuguesas “além-fronteiras”

Imagem da notícia: Patricarla leva joias portuguesas “além-fronteiras”

Ter uma joalharia em Angola tem as suas vantagens “principalmente devido à crise que Portugal agora atravessa”, mas nem tudo é um mar de rosas.

O país africano “é um sítio muito complicado para se trabalhar, principalmente pela falta de regras no ramo e não só”.

São declarações de Patrícia Taipina, da joalharia Patricarla, em entrevista à JoiaPro.

Saiba mais na próxima edição da nossa revista!

9 de Janeiro, 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

Mesh cria jóias genderless

A nova coleção foi idealizada em colaboração com a Lewis Magazine, numa primeira coleção “sem género”, marcada pela “diversidade, inclusão, minimalismo, elegância e uma nova visão de peças intemporais”.

Ler mais 12 de Agosto, 2022
AtualidadeOurivesaria

Loja virtual ou marketplace? 

A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E. (AICEP) mostra os prós e contras destas duas soluções online para o seu negócio em formato virtual.

Ler mais 8 de Agosto, 2022
AtualidadeNotícias