“Fascinam-me os ambientes”

JóiaPro · Em que consiste concretamente o seu trabalho?

Fernanda Lamelas · Elaboro projectos de arquitectura de interiores e faço também vitrinismo. A minha experiência de muitos anos nesta área já me permite ser uma espécie de consultora, dando sugestões ao nível das opções comerciais de cada lojista, e ajudando mesmo a definir o tipo de produtos para cada espaço e o tipo de espaço para cada marca. Para além de ser especialista na arquitectura de interiores de ourivesarias, a minha experiência abrange igualmente a arquitectura de edifícios e habitações.

JP: Porquê a especialização na concepção de espaços comerciais?

FL: Em qualquer viagem, visito dezenas de lojas e olho para tudo. Sou uma consumidora de produtos modernos e actuais, fascinam-me os ambientes e como eles podem provocar em nós sensações, como interagimos com eles. É nesse papel que me coloco quando tenho um novo projecto pela frente. Assumo o papel do consumidora e tento imaginar como é que eu seria cativada, como seria encantada.

JP: Quais as particularidades que tem em conta na execução de um projecto para ourivesaria?

FL: Há várias, mas uma fundamental é a segurança, que não passa apenas por ter portadas e alarmes. Outra muito importante é a noção de que a decoração se destina a realçar os produtos que se pretendem vender, que no nosso sector são sempre de pequena dimensão. Há que estar atenta aos níveis correctos de exposição, à eficácia da iluminação, ao conforto de clientes e à equipa de vendas. Há que se ter noção que trabalhamos num sector associado ao luxo e ao bom gosto.

 

Entrevista na íntegra na JóiaPro 40

25 Julho 2011
Entrevistas

Notícias relacionadas

Carlos Caria em entrevista

No final do seu quinto mandato como presidente da Associação Portuguesa da Indústria de Ourivesaria (APIO), Carlos Caria manifesta esperança de que as novas gerações ligadas ao setor da joalharia o projetem nos trilhos da inovação e prestígio no estrangeiro.

Ler mais 20 Março 2020
Entrevistas