Viana recebe mostra de jóias que “comunicam” em Braille

O Dia Mundial do Braille foi assinalado pela autarquia de Viana do Castelo com a abertura de uma exposição de jóias com inscrições pessoais e românticas em Braille.

Sob o tema “Porque o amor é cego”, a joalheira Mónica Ramos desenvolveu uma colecção de sete peças em prata, ouro e pedras naturais, que estará exposta na biblioteca municipal.

“São jóias para pessoas apaixonadas, com mensagens pessoais e palavras em Braille”, explicou à Lusa a ‘designer’ que encontrou neste tipo de grafia uma nova forma de expressar sentimentos.

 

4 de Janeiro, 2011
Entrevistas

Notícias relacionadas

“A joalharia só pode ser feita com amor”

Quem o diz é José João Vilares, um eterno apaixonado pela ourivesaria e fundador da escola de joalharia contemporânea Engenho & Arte, sediada no Porto. Numa conversa intimista, o responsável revelou-nos que este projeto nasceu do sonho de impulsionar a joalharia contemporânea, preservando sempre as técnicas mais ancestrais desta arte.

Ler mais 7 de Outubro, 2020
EntrevistasJoalharia e ourivesaria